H E M O R R A G I A S

Hemorragia é caracterizada por uma intensa perda de sangue por algum orifício, ou corte, para dentro ou para fora do corpo. Sempre que um indivíduo for identificado com uma hemorragia de maior volume e que não ceda espontaneamente,  recomenda-se levá-lo ao hospital o mais rápido possível.

 

TIPOS DE HEMORRAGIAS

 

  • Hemorragia Interna: ocorre quando não a vemos sem exames específicos ou quando há um pequeno sangramento no nariz ou nos ouvidos.

  • Hemorragia Externa: ocorre quando o sangue pode ser visto a olho nu, como ocorre nos acidentes automobilísticos, por exemplo.

 

Quando há uma hemorragia interna ela só pode ser identificada por médicos com base em exames específicos. No hospital será procurado, então, o local onde está ocorrendo o sangramento para ser tratado, mas saber quais são os primeiros socorros para hemorragia pode salvar uma vida.

 

COMO IDENTIFICAR

 

Quando há uma hemorragia externa, deve-se observar a coloração do sangue, se a cor for vermelho vivo, será um jato forte necessitando de uma compressa feita imediatamente, pois há grande risco de morte por perda sanguínea. Se a cor do sangue for mais escura, há menor risco de morte, mas também é uma situação grave que deve ser tratada o quanto antes.

 

A hemorragia interna pode ser observada através da saída de uma pequena quantidade de sangue pelas narinas ou nos ouvidos e dor abdominal intensa.

 

COMO PARAR A HEMORRAGIA

 

Para parar uma hemorragia, recomenda-se fazer um garrote alguns centímetros acima da lesão, como, por exemplo, amarrar uma camisa limpa num braço, ou numa perna que tenha um sangramento grave.

As hemorragias internas só podem ser cessadas pelos médicos e é preciso levar o indivíduo para o hospital o mais rápido possível.

 

Numa hemorragia, as principais complicações que podem ocorrer são o risco de infecção e o estado de choque hipovolêmico, devido a falta de sangue nos principais órgãos do organismo que são o cérebro, coração e rins.

 

PRIMEIROS SOCORROS

 

  • Fazer um garrote amarrando um tecido limpo diretamente na ferida ou alguns centímetros acima da lesão;

  • Se for localizada no braço ou na perna recomenda-se mantê-la elevada para diminuir a saída de sangue;

  • Se a lesão for localizada no abdômen e não for possível fazer o garrote, recomenda-se colocar um pano limpo em cima da lesão e pressionar para que o sangue não saia.

 

Nunca retire o objeto que eventualmente esteja encravado no local da hemorragia, faça pressão ao redor, ou amarre algo a redor de forma a tentar minimizar o fluxo de sangue.

 

As hemorragias podem ser causadas por diversos fatores que devem ser identificados posteriormente, mas é vital que seja controlada para garantir o bem-estar imediato da vítima até chegar socorro médico profissional de emergência.

 

O melhor remédio  para controlar hemorragia é fazer uma compressão direta na ferida, utilizando uma gaze ou um pano limpo e aplicar uma compressa de gelo picado por cima, pois isto irá diminuir a saída do sangue por diminuir o calibre dos vasos sanguíneos da região.

 

No entanto, se a ferida for profunda e o sangue continuar jorrando é importante chamar uma ambulância ou levar o indivíduo imediatamente ao hospital.

 

Uma solução militar muito antiga para controlar a hemorragia,  é colocar um pouquinho de açúcar na ferida. Em caso de uma ação militar, usa-se além do açucar, teias de aranha espalhadas sobre o ferimento com açucar por cima. Isto ajuda a coagulação sanguínea e estanca o sangue. 

 

HEMORRAGIA NASAL - EPISTAXE

 

Para parar o sangramento do nariz, deve-se fazer compressão na narina com um lenço ou aplicar gelo, no entanto, quando o sangramento não pára ao final de 30 minutos pode ser necessário ir no pronto socorro para queimar uma pequena veia e parar o sangramento.

O sangramento do nariz, cientificamente chamado de epistaxes, é a saída de sangue pelo nariz e, normalmente, não é uma situação grave, podendo ocorrer ao 'cutucar' o nariz, ao assoar o nariz com muita força, após uma pancada na face, devido a alergias como sinusite ou mesmo por causa do sol e do calor intenso.

 

Para parar o sangramento do nariz, deve-se começar por manter a calma e pegar em um lenço, devendo:

 

  1. Sentar e inclinar ligeiramente a cabeça para a frente;

  2. Apertar a narina que está sangrando durante pelo menos 10 minutos: pode-se empurrar com o dedo indicador a narina contra o septo ou apertar o nariz com o polegar e indicador;

  3. Aliviar a pressão e verificar se parou de sangrar ao final de 10 minutos;

  4. Limpar o nariz e, se necessário a boca, com uma compressa ou pano molhado. Durante a limpeza do nariz não deve fazer força, podendo enrolar um lenço e limpar apenas a entrada da narina.

 

        Quando se está com Hemorragia Nasal, nunca devemos:

 

  • Deitar a cabeça para trás nem deitar, pois a pressão das veias diminui e aumenta o sangramento;

  • Introduzir cotonetes no nariz, pois pode fazer traumatismos;

  • Pôr água quente no nariz;

     

     

     

     

     

     

     

     

     

CEPMG NN

Escola de Civismo e Cidadania

Colégio Militar

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon