VÍTIMA ENGASGADA

Um pequeno osso de ave, uma carne mal mastigada, a semente de uma fruta, um amendoim ou até mesmo um grão de arroz podem desencadear um engasgo. A situação bastante desconfortável ocorre quando o alimento, em vez de passar pela faringe e esôfago até o estômago, segue pelo “caminho errado”.

 

A obstrução pode ser total e a pessoa não fala, nem tosse: só consegue colocar as mãos no pescoço. Nesses casos, é preciso uma manobra clássica chamada Manobra de Heimlich para expulsar o conteúdo. 

 

Na maioria das vezes, o engasgo acontece com objetos e alimentos pequenos. Por alguma falha, a epiglote não sela as vias respiratórias no momento da deglutição e o conteúdo atinge a laringe e a traqueia.

 

De acordo com os médicos, o engasgo pode ocorrer mesmo com líquidos ou com a própria saliva, mas, nestes casos, não causa tantas complicações, já que a pessoa elimina o conteúdo tossindo. Já com materiais mais sólidos, que bloqueiam a passagem de ar, a angústia é certa.

 

Nessas horas, é preciso agir rápido para que a situação não seja agravada por um quadro de asfixi e até uma parada respiratória.

 

SOCORRO EM BEBÊS

 

Se estiver consciente:

 

1- Posicione o bebê de bruços em seu braço e efetue cinco compressões entre as escápulas (osso localizado na parte de cima das costas);

2- Vire-o de frente para você e efetue cinco compressões sobre o esterno (osso que divide o peito ao meio), na altura dos mamilos;

3 -Tente visualizar o objeto. Se conseguir, retire-o delicadamente;

4- Em caso negativo, repita a manobra até a chegada ao hospital.

 

Se estiver inconsciente:

 

1- Deite o bebê de costas em seu braço e libere as vias aéreas (nariz e boca);

2- Verifique se respira;

3- Se não estiver respirando, efetue duas respirações boca a boca;

4- Observe a expansão torácica. Se não visualizar movimentos, repita a liberação das vias aéreas e as duas respirações;

5- Em caso negativo, repita a manobra até a chegada ao hospital.

 

SOCORRO EM ADULTOS

 

Se a vítima estiver tranquila e sem sufocar, aplique a técnica de tapotagem, que consiste em uma série de “pancadas” em suas costas. Elas são dadas com a mão em concha e podem ser feitas com a vítima em pé, sentada ou deitada.

 

1- Posicione-se atrás da vítima;

2- Coloque uma mão fechada na região epigástrica (boca do estômago, entre o umbigo e o osso pontudo do peito);

3- Coloque a outra mão aberta sobre a mão fechada e desfira cinco golpes para cima e para dentro da barriga, até que o objeto saia.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

 

  • Nunca tente remover o objeto que está obstruindo a passagem de ar sem tê-lo enxergado e identificado antes.

  • Nenhuma medida tomada deve atrasar a busca de atendimento médico.

  • Em todo caso de acidente, sempre ligue para o serviço de emergência (SAMU 192 ou Bombeiros 193) ou procure pelo pronto-socorro mais próximo.

 

MANOBRA DE HEIMLICH - ACIMA DE 7 ANOS

MANOBRA DE HEIMLICH - MENOR DE 7 ANOS

CEPMG NN

Escola de Civismo e Cidadania

Colégio Militar

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon