CROWN SIMPLES

Exercício de alto grau de dificuldade, onde o Lobinho deve progredir sobre uma única corda de sisal de quinze metros de comprimento e  5 metros de altura, usando apenas a força de uma das mãos   como apoio e a outra como tração. 

CROWN DUPLO

Exercício de alto grau de dificuldade, onde o Lobinho deve progredir sobre duas cordas de sisal dispostas paralelamente ao terreno,  com quinze metros de comprimento e  5 metros de altura, usando a força das mãos e braços. É considerado o Commando mais difícil de todos.

FALSA BAIANA

Exercício de médio grau de dificuldade, onde o Lobinho deve progredir - deslizar - segurando uma corda de sisal acima da cabeça e apoiado sobre um cabo de aço tensionado por  um tiffor, commando com 15 metros de distância e até 6 metros de altura.

PREGUIÇA - SLOT

Exercício de médio grau de dificuldade, onde o Lobinho deve progredir pendurado sob  uma corda de sisal de 15 metros, a 3 metros do solo, usando a força das mãos para o deslocamento e com os pés trançados e apoiados na corda.

LEPAR  - CROWN  UP

Exercício de fácil grau de dificuldade, onde o Lobinho deve subir um paredão  inclinado de 75 graus segurando uma  corda de sisal de 20 metros, usando a força das mãos e braços para a escalada.

GRADE TERRESTRE

Exercício de difícil grau de dificuldade, onde o Lobinho deve rastejar pelo primeiro processo cerca de 10 metros sob uma grade de cordas trançadas e coberta por pedaços de vegetação. 

GRADE  AQUÁTICA

Exercício de fácil  grau de dificuldade, onde o Lobinho deve rastejar por um curso de água corrente cerca de vinte metros  sob uma grade de cordas trançadas desviando-se de pedras e demais obstáculos.

RAPEL PROFISSIONAL

Exercício de complexo  grau de dificuldade, onde o Lobinho deve descer de montanhas e paredões usando todos os equipamentos e técnicas de rapel profissional, em alturas que variam de 10 a 50 metros. As inclinações variam de 90 a 75 graus.

PROGRESSÃO EM CAVERNAS

Exercício de fácil  grau de dificuldade, onde o Lobinho deve transpor um túnel do interior de uma caverna com 15 metros em curva, rastejando, caverna esta habitada por aranhas caranguejeiras e morcegos silvestres.

MANEABILIDADE NA ÁGUA

Exercício de fácil  grau de dificuldade, onde o Lobinho deve progredir em um curso de água, contra a correnteza, em grupos de 10 QLB , supervisionado por monitores. 

PATRULHAS DIURNAS

Exercício de fácil  grau de dificuldade, onde o Lobinho deve progredir em grupos devidamente comandados, com bússola, GPS e Carta Topográfica, durante o dia, sob condições sensíveis ( fumaça, vegetação, etc).

PATRULHAS NOTURNAS

Exercício de fácil  grau de dificuldade, onde o Lobinho deve progredir em grupos devidamente comandados, com bússola, GPS, Carta Topográfica, lanternas e sinalizadores, a noite. Os grupos utilizam também óculos infravermelhos.

CONTROLE DO MEDO

Os Lobinhos participam de exercícios noturno de controle do medo, atvidades que preparam o QLB para agirem sempre com a razão e nunca com a emoção. A confiança nos instrutores é fundamental para o sucesso desta atividade mental.

TÉCNICAS DE SOBREVIVÊNCIA

Os Lobinhos aprendem as mais variadas técnicas de sobrevivência: extração de água da natureza , construção de purificadores de água, confecção de bússolas naturais, confecção de repelentes, confecção de fogo, orientação pelo sol, estrelas, constelações, pelas plantas e insetos, uso de  azimutes e contra-azimutes, plantas comestíveis e venenosas, etc

ATIVIDADES DE DESTREZA

Os Lobinhos participam de atividades de destreza, força e inteligência, tais como: cabo de guerra, pega porco, localização de pistas, palestras com biólogos, especialistas ambientais, policiais, militares das Forças Armadas, professores das mais variadas áreas.

GRADE VERTICAL - AIR GRID

Nesta atividade, os Lobinhos devem galgar uma grade de cordas de sisal com junções paralelas, e no topo, devem transpor a grade para o outro lado. Commando de alto grau de dificuldade, exige força e coordenação motora para sua realização.

CABO SUBMERSO

Nesta atividade, os Lobinhos devem deslizar sobre um cabo de sisal de 20 metros montado vinte centímetros sob a água. Neste exercício  de médio grau de dificuldade, o QLB não pode afundar, devendo manter o controle do corpo na superfíce. 

TEIA DE ARANHA

Nesta atividade, os Lobinhos devem transpor uma teia de cordas entrelaçadas posicionadas a dois metros de altura. O exercício possui um grau de dificuldade alto e os QLB devem deslizar deitados, de peito, sobre o emaranhado de cordas.

CIPÓ DO MACACO

Nesta atividade, os Lobinhos devem tentar subir por uma corda de sisal posicionada totalmente na vertical, a um metro do solo, com oito metros de altura. A corda está divida em nós a cada metro de sua extensão e o exercício é de altíssimo grau de dificuldade.

RESGATE EM ALTURA

Nesta atividade, os Lobinhos participam das instruções práticas de resgate de acidentados em altura, com a utilização de equipamentos de última geração para socorrismo. Esta atividade faz parte da grade de aprendizado dos QLB e não possui grau de dificuldade.

TIROLESA

Nesta atividade, os Lobinhos descem de uma elevação amparados por cabos de aço esticados em dois pontos de um terreno, commando mais conhecido como "tirolesa" ou "cabo aéreo".

Todas as atividades são acompanhadas e supervisionadas por Instrutores e Monitores

CEPMG NN

Escola de Civismo e Cidadania

Colégio Militar

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon