COLÉGIOS MILITARES

Os Colégios administrados pelas Polícias e Bombeiros Militares, foram criados com intuito de oferecer ensino de qualidade aos filhos dos militares. Em sua grande maioria, os Colégios das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares são administrados através de uma parceria entre as Secretarias Estaduais de Educação e Segurança Pública, cujas corporações os coordenam, atendendo não só o público dependente de militares, e sim a população de forma geral.

Estados onde existem Colégios administrados pela PM/BM:

Distrito Federal - PM/BM

Minas Gerais – PM

Mato Grosso – PM

Mato Grosso do Sul – PM

Rondônia – PM

Roraima - PM

São Paulo – PM

Rio de Janeiro – PM/BM

Maranhão – PM/BM

Pernambuco - PM

Alagoas - PM

Bahia - PM

Acre - PM

Amazonas - PM

Tocantins – PM/BM

Amapá - PM/BM

Ceará – PM/BM

Santa Catarina - PM

Rio Grande do Sul – Brigada Militar (PM)

Paraná – PM

Goiás – Conta hoje com 60 escolas administradas pela PMGO.

Como funcionam nossos Colégios?

Os Colégios administrados pelas Polícias e Corpos de Bombeiros Militares, oferecem o ensino fundamental e o médio, atendendo a grade curricular da Secretaria de Educação, sendo incluído a disciplina de Noções de Cidadania, que tem por objetivo o reforço nos princípios éticos e morais.

Atualmente, no caso dos Colégios das Polícias Militares e Bombeiros Militares do Brasil, os docentes são professores de carreiras ou contratados pelas Secretarias de Educação de cada Estado participante, bem como todos os demais funcionários que atuam no ambiente escolar. Através de uma parceria política-pedagógica entre Estado, Secretaria Estadual de Educação e Polícia/Bombeiro Militar, as Instituições possuem ainda Policiais Militares e Bombeiros Militares que exercem as mais variadas funções dentro destas instituições, funções estas que contribuem de forma cabal para a maximização da Segurança e de uma pedagogia de excelência.

Forma de ingresso

Geralmente, o ingresso se dá através de sorteio, obedecendo o número de vagas existente nas séries em cada unidade, informadas antecipadamente através de edital, dentro de um processo transparente.

.

Como surgiram os Colégios da PM em Goiás

Em Goiás o Colégio da Polícia Militar foi criado em consonância com a lei nº 8125 de julho de 1976, que trata da Organização Básica da Polícia Militar do Estado. A primeira Unidade foi nas dependências da Academia de Polícia Militar, com seis salas e cerca de 440 alunos, e era denominada Colégio Militar Coronel Cícero Bueno Brandão.

Após seis meses de funcionamento a Polícia Militar recebeu da Secretaria de Estado de Educação um prédio contendo 11 salas de aula, sendo ali instalado a unidade  "Vasco dos Reis"  situado no Setor Sul em Goiânia.

Já no ano de 2000, em virtude da necessidade de atender a demanda e administração, parte do corpo discente e docente se mudaram para as instalações do Colégio Hugo de Carvalho Ramos, que foi repassado pelo governo do Estado, para implantação de uma nova unidade, firmando aí, a parceria entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública, através da Polícia Militar e a Secretaria de Estado de Educação, unidade escolar esta que já contava com mais de 1.700 alunos matriculados.

Imagens Que Sintetizam Nossa Filosofia

CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
CEPMG.jpg
ALAMAR-730x400.jpg
cm9.JPG
cm8.jpg
cm7.jpg
cm0.JPG
cm5.jpg
cm1.JPG
CEPMG00.webp

CEPMG NN

Escola de Civismo e Cidadania

Colégio Militar

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon