GRUPOS DE EXPLORADORES DE SELVA
TATU BOLA
G.E.S 5
tatu-bola.webp
5º Pelotão

Cmt Pel FERNANDO REIS

 

 

1.  CARLOS SILVA

2.  GABRIELLY MARQUES

3.  GEOVANNA ELLEN

4.  GUILHERME HANADA

5.  JOAQUIM SPAGOLLA

6.  JULIA AMORIM

7.   LAURA RAFAELLA

8.   LEONARDO VELOSO

9.   MARIANA RIZZO

10. MIKAELLY VALE

11. PEDRO SENA

12. RAPHAELLA MENDES

13. SARAH OTONI

14. VALENTINA ARANTES

15. VINICIUS BORGES 

16. YASMIN NOVELLO

 

tatu-bola.webp
TATU BOLA

O tatu-bola, também conhecido como tatu-apara, bola, bolinha, tranquinha ou tatu-bola-do-nordeste, é a menor e menos conhecida espécie de tatu do Brasil. De todas as espécies de tatu do país, é a única endêmica (que ocorre só nesse local).

Possui distribuição geográfica muito restrita, ocorrendo somente na Caatinga e no Cerrado. A espécie já foi registrada em 12 estados brasileiros diferentes - Bahia, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Piauí, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Esse animal, de aproximadamente 50 cm e 1,2 kg, apresenta como uma das principais características a capacidade de se fechar na forma de uma bola ao se sentir ameaçado, o que protege as partes moles de seu corpo contra o ataque de predadores. Essa capacidade foi o que deu origem ao seu nome popular. Distingue-se também pela presença de cinco unhas nas patas anteriores, principal diferença entre Tolypeutes tricinctus e a outra espécie do mesmo gênero, a T. matacus.