ACAMPAMENTOS

Os acampamentos do Grupo Jungle Scouts  são repletos de emoções, novidades e grandes desafios. Em todas as atividades de selva, os Scouts participam ativamente de instruções complexas que de uma forma concreta, contribuirão para sua formação intelectual, física, moral e social, preparando-os para o futuro, para serem pessoas melhores, mais humildes e verdadeiros líderes.
E por falar em LIDERANÇA, por se tratar de um grupo que se espelha nos moldes militares, este tópico é levado a sério. Nós partimos da base de que Líderes São Feitos e não nascem líderes. Assim, em nosso grupo e de acordo com nosso filosofia de caserna, preparamos nossos Scouts para o exercício da liderança de forma global. Dentro de nossa instituição de ensino, nossos alunos, do 6º ao 9º anos do ensino fundamental II , possuem na grade curricular regular, a matéria de "Chefia e Liderança", matéria esta que proporciona aos nossos Scouts, todas as bases conceituais e técnicas para o exercício desta  Liderança. 
  • Durante o verão, acampe preferencialmente próximo de árvores frondosas para aproveitar a sua sombra à tarde. Para isso, convém saber onde nasce o sol, o que permitirá a montagem da cozinha em um lugar adequado, o mais sombreado possível, e prevenir que à noite a barraca esteja quente e abafada. Evite árvores muito altas ou isoladas que durante as tempestades atrairão raios.
  • Durante o inverno, é aconselhável acampar próximo a uma pedra grande, para que os raios solares aqueçam durante o dia e à noite irradie o calor, diminuindo o frio local.
  • Verifique a direção e sentido do vento, pois a entrada da barraca não deve ser frontal ao vento.
  • Cerque sempre o local de acampamento, para evitar invasão de intrusos, desconhecidos, animais, etc.
  • Não leve “contrabando”, para não atrair animais próximos ao local de acampamento.
  • Deve ser mantida uma vigilância (a famosa “Ronda”) no período que estiver acampando, para que não ocorra invasão de intrusos, desconhecidos, animais, etc.
  • Cave valetas em torno da barraca para impedir a invasão de água de chuva.
  • Não se instale em terrenos baixos e planos, pois o acampamento pode se transformar num lamaçal.
  • Procure não acampar em lugares úmidos e onde a vegetação é cerrada, devido a maior probabilidade de proliferação de insetos como mosquitos e pernilongos.

        -> Após ter desmontado o acampamento, faça um pente fino. Lembre-se:

             Devemos deixar o ambiente melhor do que quando o encontramos

 

Para empreender uma marcha por qualquer terreno, o mais importante é determinar este tipo de terreno que se vai atravessar, a duração do percurso e a forma de o realizar (se é por etapas ou tudo de uma só vez).

 

1. Deve ter-se em conta a previsão metereológica, bem como a estação      do ano, fatores que vão determinar o tipo de roupa a utilizar.

2. O cansaço e o esgotamento da caminhada dependem fundamentalmente do ritmo que se leve, devendo ser constante e rítimico.

 

3. Para adotar o rítmo mais adequado e determinar os quilômetros a percorrer, deve ter-se em consideração a experiência, a constituição física e a idade de todos os participantes.

 

4. O peso da mochila que se transporta deve ser o mais reduzido possível.

 

5. A utilização de um plano ou carta topográfica, é aconselhável para localizar zonas de acampamento, fontes, caminhos, refúgios, etc.

 

6. As paradas não devem exceder os 5 a 10 minutos para que os músculos não esfriem e não fiquem rígidos; contudo devem efetuar-se a intervalos regulares; em descanços grandes, como por exemplo às horas de refeição (sobretudo em dias muito quentes) é aconselhável parar em lugares com sol e sombra.

Pode-se afirmar que a barraca é um dos instrumentos de maior importância em um acampamento; ela nos protege dos "males" da natureza, como: chuvas, ventos, sol e outros. Antes de ir a um acampamento, é importante que todo e qualquer escoteiro saiba armar sua própria barraca, caso você ainda não saiba e queira aprender, siga os passos abaixo com atenção. 
Boa Sorte!

A escolha de uma boa barraca será o primeiro, mais não menos importante, passo no decorrer do seu aprendizado. Hoje (diferente de antigamente, quando costurávamos nossas próprias barracas) existem fábricas especializadas na produção dessas "coisas de plastico" e lojas de artigos para acampamentos. Antes de sair correndo atrás dessas lojas de camping pense bem. Abaixo, relacionamos alguns tipos comuns de barracas usados em acampamentos normais:

É um dos modelos mais tradicionais, de formato triangular quando vista de frente.  Fácil de montar, pode ser encontrada em tamanhos variados. 
Como sua armação geralmente é de metal, é pesada para ser carregada a pé por trechos longos. O material também influi na escolha, sendo as feitas de lona mais quentes e pesadas que as fabricadas em nylon.​

Também tradicional, parece uma casa. Tem quartos e uma varanda onde pode ser instalada a cozinha. 
É muito pesada por possuir a armação de metal e ser fabricada em lona. 
Abriga no mínimo 5 pessoas. Boa para famílias inteiras.​

Existem vários modelos de formato variável, desde o tradicional iglu até modelos tubulares semelhantes a casulos. 
Há modelos grandes de base hexagonal com capacidade para mais de cinco pessoas.
A armação é de fibra sintética (vidro, carbono), muitas vezes mais leve que as armações metálicas. São fabricadas em nylon e muito leves para carregar.

Perdem em durabilidade para as de armação metálica.

Como nosso Grupo se espelha nos Grupos Militares, adotamos um padrão de barraca para todas as atividades que desenvolvemos em selvas. Além de barracas de Comando e de Estoques, adotamos a barraca camuflada para dois lugares, com suporte  para 1.200 ml/água. Esta barraca por ser  leve e prática, satisfaz todas as exigências de nossas atividades. Todo o material possui padrão camuflado, o que garante aos nossos acampamentos um padrão de destaque e excelência.

Este é o modelo-padrão das barracas utilizadas pelo grupo Jungle Scouts

Para as atividades de Comando, almoxarifado, estoque de materiais específicos, instruções orientadas , socorrismo especializado, utilizamos barracas camuflados padrão das Forças Armadas, em especial, modelos parecidos com os do Exército Brasileiro. Como nossos acampamentos são padronizados, não podemos fugir às regras para montagem de nossos acampamentos. Geralmente, quando executamos atividades de selva, como sobrevivência, orientação e navegação, exercícios de Técnicas Verticais e Horizontais, etc, fazemos com o apoio das Forças Armadas ( Exército, Policia Militar e Corpo de Bombeiros), e geralmente estas forças trazem suas barracas específicas, obedecendo nosso padrão.

Buscar o melhor lugar para armar sua barraca pode fazer a diferença em uma situação de perigo. Veja algumas dicas para montar sua barraca com segurança:

Atente ao terreno onde você armará sua barraca, e faça-se estas perguntas: O terreno é baixo em relação a outra parte do acampamento? Existem árvores ao redor do terreno, com seus galhos por sobre ele? Se sua resposta foi 'sim' a uma destas perguntas, o terreno provavelmente se faz disfavorável à armação da barraca.

 

A força da gravidade traz a chuva para os terrenos baixos, em uma noite chuvosa, você prefere dormir ou nadar? Não arme uma barraca abaixo de árvores muito grandes e altas, a não ser que seja extremamente necessário, em uma ventania, galhos podem cair sobre sua barraca.

Antes que a noite caia, dê atenção aos sinais do tempo e prepare a barraca para o que virá a acontecer. Não esqueça: os sinais do tempo são avisos da natureza e sempre é bom dar atenção a eles em um acampamento.

CEPMG NN

Escola de Civismo e Cidadania

Colégio Militar

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon